Ministério da Cultura aprova projeto de documentário do setor de asseio e conservação

Foi aprovado pela Lei nº 8.313, a chamada Lei Rouanet, o documentário proposto pela FACOP, Bastidores da Limpeza. O documentário, no formato média-metragem, tem como objetivo mostrar o que acontece quando as portas das mais variadas empresas se fecham e entram emação trabalhadores da limpeza, mostrando a rotina de trabalho e como funciona um dos setores que mais empregam trabalhadores no Brasil.

Inscrito como proposta à Lei no início de 2016, o documentário foi aprovado pelo Ministério da Cultura no mês de outubro e agora está em fase de captação de recursos para viabilização do projeto. “Queremos mostrar a força que o nosso setor possui, por isso realizar este projeto é de grande importância na construção de uma imagem cada vez mais sólida de um setor que movimenta tanto a economia no Brasil”, explica Cássia Almeida, executiva da FACOP e idealizadora do projeto. O projeto irá abordar questões que fogem das tradicionais, mostrando como funciona a rotina dos trabalhadores, assim como a importância e a valorização de um trabalho tão essencial a todos os cidadãos. “Será um grande passo para o setor. Mostrar o verdadeiro valor da limpeza profissional através de seus profissionais e de toda a tecnologia que envolve o setor está dentro daquilo que a FACOP acredita e que toma como verdade em suas ações. É preciso mudar o conceito que as pessoas têm da limpeza e trazer a profissionalização cada vez mais para perto das pessoas. Com isso, conseguiremos não só o fortalecimento, mas, sobretudo, a valorização de todo um setor”, reitera Cássia.

Para isso, serão abordados no documentário pessoas, processos, tecnologias, produtos, equipamentos e tudo aquilo que acontece no período em que apenas os profissionais de limpeza estão em ação, até o resultado encontrado no retorno ao trabalho. “A ideia é mostrar o que acontece para que, quando do abrir suas portas, os diversos ambientes sejam encontrados limpos, higienizados e próprios para uma nova etapa. Que magia é essa? A limpeza profissional”, reforça a executiva.

Em fase de captação através dos benefícios fiscais proporcionados pela Lei Rouanet, o documentário, que terá versão legendada e em libras, deve começar a ser produzido em meados de 2017, e espera poder contar com o apoio não só de empresas do setor, mas também de toda a cadeia produtiva do setor, como fornecedores e clientes. “Esta é uma forma de trazermos ao público geral uma discussão muito importante, sobre o valor da limpeza. A FACOP tem muito orgulho de poder participar de um projeto como este, que traz para o campo da cultura algo que já está inserido no dia a dia de muitas pessoas”, finaliza Cássia.

Registre sua marca nesta história. Participe deste projeto. Entre em contato com a FACOP através do telefone (41) 3699 0090 e fale com Cássia Almeida (executiva da FACOP).